4 mentiras que te contaram sobre sexo

14 de outubro de 2014 notícias 0 Comments

Desde que o mundo é mundo, sempre há uma história para ser compartilhada, uma experiência para ser trocada, mas algumas dessas informações que são propagadas de geração em geração não procedem e dessa forma nascem mitos que, inclusive, podem fazer mal para o seu relacionamento.

 

Pensando nisso, a lista de hoje vai trazer um grande alívio para algumas almas inquietas sobre mentiras que te contaram sobre sexo, olha só:

 

1. É preciso transar todos os dias pra ser feliz

 

Se alguém te falar que transa todos os dias já desconfie, você pode estar lidando com um belo de um loroteiro (a). Sexo é bom, é vida, faz bem para a pele, mas não é tudo e nem tem que ser. Pelo contrário, têm casais que não sentem uma imensa necessidade sexual e são incrivelmente felizes e repletos. Você não tem que estar com desejo todos os dias e nem se forçar a fazer o que não quer. Se você tornar a vida sexual uma obrigação, vai banalizá-la. Ela vai perder o sentido original e o prazer que deveria sentir, vai virar tarefa diária, como arrumar a cama ou escovar os dentes, nada de mais, só mais uma coisa.

 

A única coisa que você pode buscar todos os dias é ser feliz! As vezes vai ser jantando, outras conversando, outras fazendo um sexo selvagem, mas pode riscar do caderninho de afazeres o tópico sexo diário que isso não é verdade e a obrigação não faz bem a longo prazo.

 

 

2. Dar no primeiro encontro te faz ser uma mulher que não vale nada

 

Os sutiãs foram queimados, tecnologias incríveis que nos protegem, como camisinhas, surgiram, mas as mentalidades atrasadas de alguns continuam firmes e fortes, infelizmente.

 

O negócio é o seguinte, o corpo é seu, o tesão idem, logo, você faz com eles o que bem entender. Gente que fica miguelando muito geralmente tem problemas de auto-confiança, autoestima, rola até um recalque as vezes, por medo de se jogar, de se aventurar, de se permitir experimentar os diferentes sabores que existem por aí.

 

Pessoas bem resolvidas valem a pena e essas podem não dar na primeira, mas não porque acham isso errado, mas porque não estão afim mesmo, mas se der na telha, vão fundo na primeira noite, dia, tarde… Enfim, elas não têm problema nenhum com data e hora, elas querem apenas satisfazer seus desejos e sentir muito prazer.

 

 

3. Uma lingerie matadora vai resolver seus problemas na cama

 

Qualquer tipo de acessório no sexo é apenas um adendo, um acréscimo, mas não é a renda vermelha e o laço na bunda que despertam tesão e que garantem um sexo divino. A única forma do tesão ser mútuo e o resultado acabar em muitos orgasmos é a atitude e mais nada. Aquela calcinha minúscula é lindinha sim, mas pode reparar, é a primeira coisa que vai ser arrancada fora, como se não fizesse a menor falta. E adivinha só, não faz!

 

O que resolve o problema na cama é você fazer as coisas com gosto. Se for cair de boca, é sem pudor, com vontade, e olho no olho. Se for apalpar, é como quem quer fazer uma massagem bem forte, para que a pessoa sinta todos os seus dedos pelo corpo inteiro ativando sua circulação.

 

Sexo bem feito vem da sua entrega, da sua dedicação em dar prazer e não da sua gaveta cheia de algemas, dadinhos, cremes ou lingeries.

 

 

4. Transar só de luz apagada

 

Esse é um dos fatores que podem causar tédio e desgaste na relação. Alguém disse que sexo no escuro é melhor. Não, não é! Ninguém está falando para ligar um holofote na cara, mas com certeza uma meia luz confere um clima sensual e assim você consegue ver cada movimento ritmado, cada ida e vinda, as curvas dos braços apoiados, a mordida na boca se contorcendo de prazer, a pessoa gemendo.

 

Aliás, quando se faz sexo em ambientes escuros demais cenas constrangedoras acontecem, como bater cabeças, não acertar os buracos, não conseguir nem ver para onde a pessoas está indo para identificar a próxima posição.

 

 

Fonte